Centro de Fátima Exorta Orações pelo Papa Bento XVI

A elevação do Cardeal Joseph Ratzinger à Cadeira de S. Pedro é um acontecimento da maior importância para todos os Católicos. Embora a eleição de um novo Papa seja sempre importante, o novo pontificado de Bento XVI surge num momento em que a Igreja (e, de facto, o mundo inteiro) está a enfrentar desafios e perigos sem precedentes na história humana. O novo Pontífice inicia o seu reino com uma Igreja fracturada por dissenções internas e caos, e confrontada com uma cultura radicalmente secularizada que se caracteriza por uma hostilidade intensa e intransigente para com muitas coisas católicas. Parece que o grande castigo de que a Mãe de Deus nos avisou em Fátima começou agora a desenvolver-se, e que este novo Papa, tal como Ela referiu, terá, infelizmente “muito que sofrer”.

No passado, o Apostolado de Nossa Senhora teve mais do que uma ocasião para discordar fortemente do novo Papa, no seu papel de teólogo católico e de chefe do Santo Ofício, particularmente quanto à sua interpretação da Mensagem de Fátima e, mais especificamente, no que se refere à sua divulgação do que cremos ser uma versão incompleta e parcial do Terceiro Segredo. Tendo dito isto, hoje associamo-nos a milhões de outros fiéis católicos nas suas orações pelo nosso Santo Padre, tal como Nossa Senhora mandou, pedindo a Deus Todo-Poderoso, à sua Mãe Santíssima e a todos os anjos e santos que o abençoem e lhe dêem força e poder de decisão para conduzir a Igreja e a restaurar à sua glória, como é desígnio de Deus.

Como sempre, peço-vos que vos lembreis de mim e de todos os obreiros de Nossa Senhora nas vossas orações e na Santa Missa. Dependemos mais do que vos posso dizer das vossas orações, em especial todos os Rosários oferecidos por nós. Peço-vos que nos envieis as vossas intenções especiais, para que eu e os outros sacerdotes do Apostolado possam mencioná-las nas nossas Missas. Que Deus vos abençoe e vos proteja.

Padre Nicholas Gruner