Homepage
Cruzado
Perspectivas
Fazer uma doação
Acerca de Fátima
Notícias
Documentação
Terceiro Segredo
Consagração
Orações
Livraria
Mesa de trabalho do Padre
Apostolado
Informações
THE FATIMA NETWORK
ImageMap for Navigation Porquê Fátima? Mapa do site Contacto
Documentação: O Terceiro Segredo Revelado! V

O Segredo de Fátima Revelado!

Quarta parte

Sem dúvida, o terceiro segredo refere-se principalmente a um castigo espiritual. É de longe pior, ainda mais espantoso que a fome, a guerra, a perseguição, porque afeta as almas, a sua salvação ou a sua eterna perdição. O falecido Padre Alonso, nomeado em 1966 o arquivista oficial de Fátima pelo Bispo Venâncio, provou que este é o conteúdo do terceiro segredo. Escreveu sobre ele num dos seus volumes do seu grande trabalho crítico consistindo em 24 volumes, que desafortunadamente foi proibido de publicar. Mas pôde, mesmo assim, antes da sua morte a 12 de Dezembro de 1981, revelarnos as suas conclusões em vários panfletos e em numerosos artigos de jornais teológicos.

As minhas pesquisas pessoais só me permitiram clarificar, completar, ser mais específico sobre a sua proposição, que novos documentos têm vindo a confirmar.

Aqui está o mais importante: A 10 de Setembro de 1984, o Bispo Cosme do Amaral, o presente Bispo de Leiria, Fátima, na Aula Magna da Universidade Técnica de Viena, anunciou no decorrer de um periodo de preguntas e respostas: "O Terceiro Segredo de Fátima nem fala de bombas atómicas nem de misseis nucleares, nem de misseis SS20. O seu conteúdo," insiste, "tem a ver apenas com a nossa fé. Identificar o segredo com anúncios catastróficos ou com um holocausto nuclear é torcer o significado da mensagem. A perda de fé de um continente é pior que a aniquilação de uma naçã o; e é verdade que a fé está diminuindo contìnuamente na Europa."15

Por dez anos, o Bispo manteve o silêncio absoluto sobre o conteúdo do terceiro segredo. Quando abriu a boca para fazer uma declaração pública tão resoluta, pode-se ter a certeza de que não o fez sem ter antes consultado a Irmã Lúcia. Podemos ter mais certeza ainda, visto que em 1981 ele já tinha refutado alguns segredos falsos ao dizer que tinha interrogado a vidente sobre o assunto.

É dizer, agora a proposição do Padre Afonso está confirmada publicamente pelo Bispo de Fátima. É esta a crise terrível dentro da Igreja. O que a Nossa Senhora predisse, precisamente para a nossa era, é a perda de fé, consequência de não realizar suficientemente os seus pedidos, e drama que observamos desde 1960.

Dito o essencial, agora vou contentar-me mencionando os estágios principais da minha prova que dizem respeito ao conteúdo verdadeiro do terceiro segredo.

A perda da fé

No primeiro capítulo16, Dei as razões que provam que o terceiro segredo tem a ver especificamente com a perda de fé. Efetivamente, sabemos apenas o seu contexto. A Irmã Lúcia estava desejosa de nos indicar a primeira frase dele: "Em Portugal, a doutrina da fé será sempre preservada, etc." Esta pequena frase, que a vidente segura e intencionalmente quando acrescentou as duas primeiras partes e a conclusão do segredo por segunda vez nas suas memórias, é definitivamente significante. Fornece-nos, muito discretamente, a chave do terceiro segredo.

Aqui está o comentário judicioso do Padre Alonso: "'Em Portugal, a doutrina da fé será sempre preservada". Esta frase em toda a sua clareza implica o estado crítico da fé que sobrevirá às outras nações. É dizer, haverá uma crise de fé, enquanto que Portugal preservará a sua fé. "Portanto", acrescenta o Padre Alonso, "no periodo que precede o Triunfo do Coração de Maria, ocurriram as coisas terriveis que são o tema da terceira parte do segredo. Quais? Se, 'em Portugal, as doutrinas da fé serão sempre preservadas', pode-se deduzir perfeitamente que em outras partes da Igreja estes dogmas ou se vão tornar obscuros ou possivelmente vão perder-se."

Adotaram esta interpretação a maior parte dos peritos: O Padre Martin dos Reis, o Cônego Galamba, o Bispo Venâncio, o Padre Luis Kondor, o Padre Messias Dias Coelho. No dia 18 de Novembro passado, no decorrer de uma conferência que deu em Paris, o Padre Laurentin declarou-se também a favor de esta solução.17

Acrescentamos que o Cardeal Ratzinger já falou deste assunto a Vittorio Messori, dizendo que o terceiro segredo diz respeito "aos perigos ameaçando a fé e a vida dos cristã os." Finalmente, como já dissemos, o presente Bispo de Fátima é ainda mais explícito. Deixa entender que é uma crise de fé, na escala de várias nações e de continentes inteiros... tal defecção tem um nome na Sagrada Escritura: É a apostasia. É possível que esta palavra se encontre no texto do segredo.

A vacilação e o castigo de pastores

Noutro capítulo18, demonstro que há mais: o terceiro segredo seguramente insiste na responsabilidade grave das almas consagradas, dos padres, e até dos bispos nesta crise de fé sem precedência que atormenta a Igreja há 25 anos. Forneço várias provas, várias indicações muito claras. Tenho que contentar-me aqui em citar-lhes as palavras do Padre Alonso: "É provável que o texto do terceiro segredo faça alusões concretas à crise de fé dentro da Igreja e à negligência dos própios padres."

Continua falando, de "lutas internas no próprio seio da Igreja e da grave negligência pastoral da alta hierarquia," das "deficiências da alta hierarquia da Igreja."

O Padre Alonso seguramente não escreveu nem publicou tão clara e abertamente estas palavras tão sérias sem ter considerado com cuidado todo o seu impacto. Como arquivista oficial de Fátima, depois de 10 anos de labores e várias entrevistas, teria ele adotado uma posição tão audaz sobre um assunto tão fervente sem pelo menos estar assegurado do acordo tácito da vidente? A resposta não permite dúvida nenhuma.

Esta declaração das deficiências da hierarquia explica a preocupação espantosa dos três videntes forçando-se a rezar, a rezar muito e a sacrificar sem cessar ao Santo Padre; os três meses de angústia insuperável que a Irmã Lúcia teve que encarar antes de se atrever a escrever este texto. Explica, finalmente, por que os Papas, desde o otimista João XXIII, têm hesitado, demorado e adiado incessantemente a sua publicação, procurando mantê-la escondida a todo custo.

Uma onda de desorientação diabólica

No terceiro capítulo19, demonstro que a Irmã Lúcia, sem dúvida, repetiu um tema do terceiro segredo em algumas de suas palavras e de suas cartas onde põe ênfase no desencadeamento do diabo na nossa época. Já em 1957 confiava ao Padre Fuentes,

"A Santíssima Virgem disse-me que o demónio está prestes a entrar em batalha decisiva contra a Virgem… e que ele sabe o que mais ofende Deus e o que o fará conseguir o número máximo de almas no tempo mais curto possível. Faz tudo para conseguir almas consagradas a Deus, porque de este modo, conseguirá que as almas dos fieis fiquem abandonadas pelos seus líderes, e assim mais facilmente as apanhará."

Mas é sobretudo numa série de cartas pouco conhecidas mas muito importantes dos anos 1969 e 1970 que ela usa algumas expressões admiráveis para descrever a crise presente da Igreja. E notemos bem que, através da caneta de uma alma tão humilde e tão respeituosa da autoridade, tais expressões fortes são sem dúvida o eco de palavras ouvidas dos própios lábios da Virgem Imaculada na sua mensagem final sobre a proteção dos fieis e o bem estar da Igreja.

"Vejo por sua carta," escreve ela a um Padre, "que está preocupado com a desorientação do nosso tempo. Diz-se, de fato, que tantas pessoas se deixam dominar por uma onda diabólica que passa pelo nosso mundo e que estão cegos ao ponto de ser incapazes de ver o erro! A falta principal é que abandonaram a oração, e que desta maneira têm-se afastado de Deus, e sem Deus, tudo falta."

"O diabo é muito esperto e procura as nossas fraquezas para nos atacar."

"Se não temos o zelo e o cuidado de obter de Deus a nossa força, cairemos, pois a nossa época é ruim e nós somos debeis."

Numa carta a um amigo que está envolvido zelosamente na defesa da devoção mariana, a Irmã Lúcia escreve:

“Nossa Senhora pediu e recomendou que se reze o Terço todos os dias, repetindo o mesmo em todas as aparições, como que prevenindo-nos para que, nestes tempos de desorientação diabólica, nos não deixemos enganar por falsas doutrinas, diminuido na elevação da nossa alma para Deus, por meio da oração... Infelizmente, o povo, na sua maioria em matéria religiosa, é ignorante e deixa-se arrastar por onde o levam. Daí, a grande responsabilidade de quem tem a seu cargo conduzi-lo...

"É a desorientação diabolica que invade o mundo e engana as almas! E preciso fazer-lhe frente".

A 16 de Setembro de 1970, ela escreve a um amigo religioso: "Nosso pobre Senhor! Salvou-nos com tanto amor e "é tão pouco entendido! Tão pouco amado! Tão mal servido! Custa ver tanta confusão, e em tantas pessoas que ocupam sítios de responsabilidade!... Porque nós, devemos tentar, o mais que podemos, e sempre quando podemos, fazer reparação através de uma união ainda mais "íntima com o Senhor... Custa-me ver o que está dizendo, mas agora, acontece aqui também! A verdade é que o diabo conseguiu trazer o mal disfarçado de bem, e os cegos começam a conduzir os outros... É como nos disse o Senhor na escritura, e as almas deixam-se levar. Sacrifico-me de boa vontade e ofereço a Deus a minha vida pela a paz na sua Igreja, por os padres e por todas as almas consagradas, sobretudo para aquelas que estão tão enganadas e mal guiadas!"

Temos que fazer frente aos partidários do diabo dentro da Igreja

Para a confidente da Virgem Maria, o mal não está apenas no nosso mundo "em decadência," "Imersido na escuridão do erro da imoralidade e do orgulho". O mal está também na Igreja, onde o demónio tem os seus "seguidores" e "partidários," que estão sempre "avançando em frente com audacidade intrépida." Encarando-os há muitas "pessoas tímidas" que não têm a coragem de lhes fazer frente. E a Irmã Lúcia não tem receio de dizer que muitos bispos estão entre os seus números. Além disso, não é apenas uma questão de desinteresse ou de negligência pastoral. A Irmã Lúcia faz claro que é a própria fé que está sendo atacada. Fala de "falsas doutrinas," de "confusão diabólica," de "cegueira," e isto entre aqueles que "têm grande responsabilidade" na Igreja. Ela deplora o fato que tantos pastores se têm deixado dominar pela onda diabólica que está invadindo o mundo". Poderia-se descrever melhor a crise da Igreja que se abriu ao mundo e cujo príncipe é Satanás?

Mas a Irmã Lúcia insiste, "A Virgem sabia que estes tempos de desorientação tinham que vir. "Todas estas palavras da vidente e tantas outras que podemos citar estão explicadas perfeitamente, e assumem grande prominência, se a 13 de julho de 1917, no seu terceiro segredo, a Virgem prognosticou especificamente esta "desorientação espiritual" que invadiria repentinamente a Igreja, se os seus pedidos não fossem obedecidos.

A grande apostasia dos "Últimos Tempos" anunciados na Santa Escritura

Respondendo a alguém que a interrogava sobre o conteúdo do terceiro segredo, a Irmã Lúcia uma vez respondeu: "Está na Santa Escritura, e no Apocalipse. Tem que os ler." Também disse em confiança ao Padre Fuentes que a Virgem Maria lhe tinha feito ver claramente que "estamos nos últimos tempos do nosso mundo." Não significa, deve-se enfatizar, o tempo do fim do mundo no ultimo julgamento, uma vez que o triunfo do Coração Imaculado de Maria tem que vir primeiro. O próprio Cardeal Ratzinger, aludindo discretamente ao conteúdo do Segredo de Fátima, mencionou três elementos importantes: "Os perigos que ameaçam a Igreja, a importância dos últimos tempos," e o fato que as profecias "contidas neste terceiro segredo correspondem ao que foi anunciado na escritura." Até sabemos que um dia Lúcia indicou os capítulos 8 e 13 do Apocalipse.

É por isto que, nos últimos dois capítulos do meu livro, me empenho nos ensinos de Nosso Senhor, de São Paulo e de São João, tão ignorados hoje! - Anunciando a desordem, a heresia e, finalmente, a grande apostasia que surgira na Igreja durante os últimos tempos, e a comparação objetiva das profecias das escrituras - particularmente as do Apocalipse - a grande profecia da Virgem de Fátima, no princípio do nosso século indica de fato paralelas numerosas e alarmantes.

Continuar a ler
O Terceiro Segredo Revelado!



Formatado para impressão
Volta

imagemap for navigation Página inicial Mapa do site Contacto Pesquida Início da página>
<AREA SHAPE=DEFAULT HREF=